Logo depois de fazer a anamnese, avaliar o paciente e identificar quais são as suas necessidades, o próximo passo é fazer receita. Contudo, uma dúvida bem comum principalmente para quem está começando na profissão é como fazer o receituário médico da maneira correta. Afinal de contas, alguns elementos são obrigatórios e determinados medicamentos precisam ser receitados em receituários especiais. 

 

Para te ajudar a entender cada ponto necessário a ser incluído a fim de evitar qual erro de prescrição, confira neste conteúdo. Vamos te ensinar como fazer um receituário médico e mostrar também modelos de receituários médicos, tudo com base na Portaria nº 344/98 da ANVISA. Vale lembrar que faz parte das atribuições do médico verificar se está cumprindo todos os requisitos necessários para que um receituário médico seja plenamente válido.

O que é um receituário médico?

Um receituário médico é o mesmo que uma prescrição médica. Nele contém os medicamentos que devem ser administrados pelo paciente e também serve como orientação para ele. É um documento que serve para o paciente comprar os medicamentos ou fazer os exames necessários para o tratamento. 

 

No Brasil, apenas determinados profissionais podem usá-lo para prescrever algum medicamento, como médicos, médicos veterinários, enfermeiros, farmacêuticos, cirurgiões dentistas e nutricionistas credenciados. 

 

O receituário médico pode ser digital ou físico, vai depender do prescritor, ou da clínica ou hospital onde trabalha, e também dos medicamentos que ele vai prescrever. Isso porque alguns medicamentos não podem ser prescritos em receituário médico digital. 

Como fazer um receituário médico?

Para fazer um receituário médico digital o primeiro ponto mais importante é saber qual medicamento será prescrito. Isso porque alguns medicamentos devem ser prescritos em um modelo de receituário médico predefinido, como: 

 

  • Receituário de controle especial – Esse receituário serve para prescrever aqueles medicamentos de tarja vermelha, que possuem a indicação de “venda sob prescrição médica – só pode ser vendido com retenção da receita”. É utilizado para prescrição de medicamentos da lista “C”. Veja o modelo de receituário médico de controle especial abaixo:

  • Receituário azul ou receita B – Este é outro tipo que possui um modelo de receituário médico predeterminado, como mostrado na imagem abaixo. Ele é usado para prescrever medicamentos das listas “B1” e “B2”. 

  • Receituário amarelo ou receita A – Da mesma forma que os outros receituários citados acima, este também é padronizado. Na cor amarela é utilizado para os medicamentos das listas “A1”, “A2” (entorpecentes) e “A3” (psicotrópicos).Receituario a

Contudo, além desses receituários médicos especiais também é possível receitar medicamentos comuns em um receituário branco simples. Nele, é possível prescrever os medicamentos que não precisam de receitas para serem vendidos, mas que é preciso ter a orientação de um profissional capacitado para serem administrados, e os medicamentos de tarja vermelha com a frase “venda sob prescrição médica”. 

 

Existe também o receituário médico branco especial, para prescrição de remédios controlados, como antibióticos, antirretrovirais, anabolizantes e alguns imunossupressores. Alguns elementos são essenciais para fazer esse receituário médico especial. Então, como fazer esse receituário médico? 

Leia também: Vantagens da receita digital: entenda como funciona esse formato e se vale a pena prescrever medicamentos digitalmente

O que deve conter no receituário médico?

Cabeçalho – Nessa parte é preciso ter o nome e o endereço do prescritor ou da instituição onde trabalha, seu registro profissional e o número de cadastro de pessoa física ou jurídica. É possível incluir nesta parte a especialidade registrada no Conselho Regional de Medicina.  

Superinscrição – É o espaço no qual será incluído o nome e o endereço do paciente. Quando necessário é nesse local onde será incluída a idade do paciente também. 

Inscrição – Consta o nome do fármaco, a forma farmacêutica e a sua concentração.

Subinscrição – É destinado para registrar a quantidade total a ser fornecida. A quantidade deve ser escrita em algarismos arábicos, escritos por extenso, entre parênteses.

Adscrição – Engloba todas as orientações do prescritor para uso dos medicamentos ao paciente.

Data, assinatura e número de inscrição no respectivo conselho ao qual o prescritor pertence, como Conselho Regional de Medicina, de Odontologia ou Farmácia.

Esse receituário médico pode ser feito tanto em meio digital como impresso, na forma física. Qualquer um que o prescritor escolher é válido. Uma dica importante é já deixá-lo pronto antes de prescrever para que não haja perda de tempo. 

Além disso, usar um receituário médico digital é mais simples, rápido e pode ajudar a evitar erros de prescrição. A Memed, por exemplo, é uma plataforma de prescrição gratuita que oferece receituário médico digital. Veja no vídeo abaixo exemplo de receituário e como personalizá-lo: 

 

 

Leia também: Aplicativo de prescrição médica: como essa ferramenta pode ajudar no seu dia a dia?

Como preencher receita médica?

O receituário de controle especial deve ser preenchido de maneira legível, com as quantidades expressas em algarismos arábicos e por extenso e não pode haver nenhuma emenda ou rasura. 

Além disso, deve ser escrito de forma clara e sem abreviações de maneira a fazer com que o paciente não tenha dúvida ao fazer o uso da medicação. 

Qual a validade do receituário médico?

O receituário médico de controle especial possui validade de 30 dias a partir da data de emissão da receita médica, conforme a Portaria nº 344

Da mesma maneira, a Notificação de Receita B, da cor azul; a Notificação de Receita Especial, de cor branca, para medicamentos da lista “C2” e a  Notificação de Receita “A”, da cor amarela, também possuem validade de 30 dias. Já a Notificação de Receita Especial da Talidomida, possui validade de 15 (quinze) dias.

Agora que você já viu como fazer um receituário médico, tem outras dúvidas sobre o setor? Continue acompanhando o blog da Memed e fique por dentro de tudo.