A dispensação de medicamentos acontece sempre que vamos a uma consulta e voltamos com a prescrição de remédios. Seu objetivo basicamente é entregar o medicamento certo para o paciente. É um ato privativo do farmacêutico, de acordo com o Decreto Federal nº 85.878/81, em farmácias e drogarias. 

No entanto, a dispensação de medicamentos é muito mais do que apenas entregar a embalagem de remédio ao paciente. Inclusive é uma ação que exige bastante cuidado e atenção para que não aconteçam erros. 

O que é dispensação de medicamentos? 

A dispensação de medicamentos é a garantia de que um medicamento de qualidade e embalado corretamente seja entregue ao paciente certo, na dose que foi prescrita e na quantidade correta. Além disso, também faz parte da dispensação de medicamentos, o fornecimento das informações necessárias ao paciente para sua administração

Dessa forma, a dispensação de medicamentos também influencia na adesão do paciente ao tratamento, já que se ele tiver todas as informações claras será mais fácil realizar o tratamento do início ao fim.  

Qual a importância da dispensação de medicamentos?

A dispensação de medicamentos é o último contato que um paciente tem com um profissional de saúde antes de iniciar o tratamento. Portanto, o farmacêutico é responsável por analisar a prescrição feita pelo médico e garantir que o paciente entendeu como fazer aquele tratamento. Além disso, ainda tem a oportunidade de corrigir eventuais erros identificados, tais como: 

  • Interação medicamentosa;
  • Dosagem inadequada;
  • Incompatibilidades.

Com isso, uma grande importância de uma correta dispensação de medicamentos é ajudar a reduzir danos aos pacientes, com erros de prescrição ou até mesmo erros de administração de medicamentos. 

Leia também: Quais os principais erros médicos de prescrição e o que fazer para evitá-los?

Onde ocorre a dispensação de medicamentos?

A dispensação de medicamentos ocorre geralmente em farmácias e drogarias, mas também pode acontecer em hospitais e UBS (Unidades Básicas de Saúde).

Quais os tipos de dispensação de medicamentos?

Dentro de um hospital ou em uma unidade de saúde existem três tipos de dispensação de medicamentos, são eles: 

  1. Dose Coletiva

Nesse tipo de dispensação a farmácia funciona como se fosse um depósito e um ambiente de repasse de medicamentos. Ela atende pedidos da unidade e não tem contato direto nem com o paciente nem com a prescrição em si. 

Dessa forma, quem realiza as ações de dispensação de medicamentos é a área de enfermagem. Os riscos de erros nesse tipo de dispensação são mais elevados e também existe maior descontrole. 

  1. Dose Individualizada

Já na dose individualizada o farmacêutico tem acesso à prescrição com todas as informações dela. Possui um maior controle e é feita por paciente durante as 24 horas do dia. 

Nesse tipo de dispensação o farmacêutico separa a dose exata que o paciente vai utilizar no dia, isso inclui a quantidade certa de comprimidos, por exemplo. Dessa forma, os riscos de erros de prescrição são menores e a farmácia consegue ter um controle maior. 

  1. Dose Unitária

No tipo de dispensação em dose unitária o medicamento é enviado para uso do paciente na hora em que ele deve ser administrado. Isso significa que se um paciente deve tomar o remédio às 7h30 um pouco antes desse horário ele sairá da farmácia e será enviado para o quarto onde ele está. 

Dessa forma, o farmacêutico é integrado à equipe multidisciplinar e ajuda a reduzir significativamente os erros de administração de medicamentos. Isso oferece maior segurança ao paciente. 

Leia também: Como a Memed ajuda a evitar erros de prescrição

Além do hospital, a dispensação de medicamentos nas farmácias e drogarias é um pouco diferente. Veja como acontece abaixo.

Como é feita a dispensação de medicamentos na farmácia: Passo a passo

A dispensação de medicamentos é feita em alguns passos pelo farmacêutico, sendo eles: 

  1. Identificação do usuário

Saber quem vai fazer o uso do medicamento é fundamental para ter mais controle na dispensação, principalmente quando o paciente for comprar um Medicamento Isento de Prescrição (MIPs). Isso porque o farmacêutico vai saber se aquele medicamento pode ser usado pela pessoa e qual dosagem, para evitar superdosagem e intoxicação, por exemplo.  

  1. Confirmação do medicamento

Existem medicamentos com nomes comerciais muito parecidos, nesse caso, se você não tiver certeza de qual medicamento está sendo prescrito o ideal é não dispensar e solicitar que o usuário volte ao médico e solicite outra receita. Isso é muito comum quando a receita é feita manualmente. 

Uma das formas de evitar que isso aconteça é o médico usar sempre a prescrição digital, como a fornecida pela Memed. Ela ajuda a reduzir possíveis erros de prescrição e dispensação. 

  1. Cálculo da quantidade correta do medicamento

É responsabilidade do farmacêutico dispensar a quantidade correta de medicamento para todo o tratamento do paciente. Isso significa que ele deve analisar a receita e fazer as contas. Se for necessário ele deve sempre arredondar para uma quantidade maior, para que o paciente consiga completar o tratamento. 

dispensada, para se certificar que está tudo correto. Caso haja alguma divergência o médico prescritor deverá ser acionado. 

  1. Orientação ao medicamento prescrito

As orientações ao paciente vão desde como ele deve administrar o medicamento até informações de preparo e acondicionamento do medicamento. Isso porque para alguns remédios é necessário que o paciente dilua o pó em água e também há algumas vezes a necessidade de o medicamento ser mantido refrigerado. 

E no caso da receita digital?

Como dispensar uma receita digital?

Para dispensar uma receita digital é muito simples e ajuda a reduzir consideravelmente as chances de erros. Se você utiliza o dispensador da Memed é necessário que a farmácia esteja cadastrada na plataforma. Se já tiver o cadastro, basta fazer o login no Dispensador Memed com a sua senha e seu e-mail. 

A dispensação eletrônica é bem rápida e simples, você pode conferir um passo a passo de como fazer a dispensação de medicamentos da receita Memed ou então assistir o vídeo abaixo: 

 

Agora que você viu o que é dispensação de medicamentos, que tal continuar acompanhando nosso blog e ver dicas de prescrição e outras relacionadas à saúde e medicamentos?