Como a transformação digital na saúde tem trazido benefícios para o atendimento médico?

Sabemos que a história da medicina sempre esteve muito alinhada com as transformações tecnológicas que a humanidade foi experimentando ao longo dos anos.

Assim, ferramentas, técnicas e métodos de prevenção, promoção e assistência à saúde foram evoluindo à medida que novas tecnologias surgiam. Isso possibilitou grandes avanços no combate e prevenção de doenças e na qualidade de vida das pessoas.

Convidamos você a continuar com a leitura deste conteúdo para refletir sobre o que é transformação digital na saúde e qual o impacto dos avanços tecnológicos na medicina hoje.

Nas próximas linhas, vamos apontar também os principais benefícios da tecnologia na saúde, quais inovações mais recentes já fazem parte dos serviços relacionados à saúde e quais são as tendências de transformação digital e tecnológica para o futuro da medicina:

  1. Dispositivos vestíveis;
  2. Internet das Coisas;
  3. Farmacogenômica;
  4. Impressões 3D;
  5. Robótica em procedimentos cirúrgicos.

O que é transformação digital na saúde?

A transformação digital na saúde pode ser definida como o processo de surgimento de inovações tecnológicas que são incorporadas nas áreas de assistência médica e de promoção à saúde.

Tratam-se de soluções que buscam resolver os problemas enfrentados no dia a dia de hospitais, clínicas, consultórios e laboratórios aliando os serviços de saúde às novas ferramentas digitais.

A telemedicina, as novas tecnologias para automação hospitalar, os softwares de gestão, o prontuário eletrônico, a receita digital, o Big Data e a Internet das Coisas são alguns exemplos de transformação digital na saúde que vieram para ficar.

Veja também: A transformação digital é sobre pessoas

Quais são os principais benefícios da tecnologia na saúde?

As inovações de tecnologia na área da saúde surgem com o principal objetivo de tornar os processos operacionais mais eficientes e menos burocráticos.

Tendo isso em vista, é possível apontar os seguintes benefícios da tecnologia na saúde:

1 – Redução de custos operacionais

Hospitais, clínicas e consultórios que aderem às novas tecnologias digitais e aos diferentes tipos de automação são capazes de reduzir de forma significativa os seus custos operacionais.

Por exemplo, o fato de simplesmente disponibilizar os resultados dos exames dos pacientes em um sistema já ajuda a diminuir os custos com papel e chapas de raio-x.

Além disso, os próprios pacientes também evitam gastar com deslocamento até o hospital ou clínica simplesmente para pegar o resultado de seus exames.

2 – Maior otimização do tempo

O impacto da tecnologia na área da saúde também pode ser observado no melhor uso do tempo. Com a transformação digital, vários processos podem ser executados com mais agilidade, eliminando tarefas manuais que costumam tomar muito tempo.

Quando um hospital, por exemplo, mantém armazenado todos os dados de seus pacientes em uma plataforma, não é necessário que estes preencham as mesmas informações toda vez que precisarem dar entrada no hospital.

Isso torna o atendimento médico mais ágil.

3 – Integração de dados

Por falar em dados, outro benefício da transformação digital é a possibilidade de integrar informações sobre cada paciente em um prontuário eletrônico.

A integração de dados pode ser aplicada também na gestão de medicamentos em farmácias hospitalares.

4 – Aumento da produtividade

A transformação digital na saúde também contribui para a melhoria da produtividade. Com as ferramentas adequadas, é possível produzir mais em menos tempo.

Os médicos, por exemplo, podem atender mais pacientes por dia por meio da telemedicina, em que as consultas são realizadas à distância.

5 – Maior autonomia para os pacientes

Os pacientes ganham maior autonomia quando passam a poder agendar sozinhos seus exames e consultas, acompanhar sua própria frequência cardíaca e saturação por meio de dispositivos específicos e administrar sua medicação corretamente com a ajuda de aplicativos que lembram a hora de tomar o remédio.

Neste vídeo você acompanha como tecnologias inovadoras estão ajudando os médicos a darem mais autonomia aos pacientes:

Leia mais: Integração entre sistemas e o ecossistema digital de saúde

Tecnologia na área da saúde: o que há de novo?

A transformação digital na saúde já é uma realidade em muitos hospitais, clínicas, farmácias e consultórios.

É crescente o uso de novas tecnologias que prometem melhorar a qualidade da gestão dos processos de saúde e a experiências de pacientes, médicos e outros profissionais da assistência.

Confira abaixo alguns exemplos das inovações digitais e tecnológicas que estão sendo empregadas na área da saúde.

1 – Telemedicina 

A telemedicina faz uso de avanços das tecnologias de comunicação para permitir que médicos possam trocar informações entre si e também realizar consultas à distância com os pacientes.

Por meio de um sistema, é possível emitir laudos, prescrever medicamentos, consultar profissionais de outras especialidades antes de definir um diagnóstico, solicitar exames e muito mais.

A telemedicina é uma inovação tecnológica que permite transpor barreiras geográficas e fazer com que mais pessoas tenham acesso à assistência médica.

Leia também: Telemedicina no Brasil e suas regulamentações

2 – Prontuário eletrônico

Outro exemplo de transformação digital na saúde é o uso de prontuário eletrônico. Essa é uma forma de reunir em um só sistema todas as informações sobre os pacientes, incluindo cirurgias, vacinas, consultas anteriores, medicamentos, exames e muito mais.

Com o prontuário eletrônico, os médicos podem acessar mais rapidamente o histórico de seus pacientes e tomar decisões mais acertadas no que se refere ao tratamento e prevenção de doenças.

3 – Receita digital

A receita digital é uma inovação que ganhou força no período da pandemia de Covid-19.

Com as pessoas evitando sair de casa para não se expor ao vírus, os médicos passaram a poder fazer prescrição de medicamentos atestados e pedidos de exmes digitalmente.

Nesse formato de receita, os médicos utilizam um sistema especializado com um banco de dados atualizado com diversos produtos relacionados à saúde. A assinatura da receita é feita por meio de um certificado digital.

A receita é enviada para o paciente por SMS, e-mail ou WhatsApp. Para comprar o medicamento, basta que ele apresente essa receita digital na farmácia, a qual também precisa ter um certificado digital para fazer a dispensação do medicamento.

Prescrever por meio de uma receita digital é muito mais fácil e intuitivo do que você imagina. E totalmente grátis! Veja como a Memed ajuda os médicos nessa hora:

Confira mais em nosso blog:

4 – Novas tecnologias para automação hospitalar

Os softwares de automação permitem otimizar a gestão de processos hospitalares. Com essas novas tecnologias, é possível simplificar tarefas, como admissão e alta de pacientes, liberação de medicamentos nas farmácias do hospital, controle de insumos hospitalares, gestão de internações etc.

Saiba mais: A tecnologia atrelada à medicina

5 – Big Data 

O Big Data na área da saúde se refere ao uso de sistemas capazes de analisar grandes volumes de dados e fornecer insights valiosos sobre pacientes e sobre os processos de um hospital ou outra instituição de saúde.

O Big Data pode ser utilizado, por exemplo, para prever o risco de doenças com base em informações genéticas e no histórico dos pacientes.

Além disso, o Big Data é muito útil também na gestão de estoque hospitalar, possibilitando fazer previsões sobre quando determinado insumo vai se esgotar. Assim, o hospital consegue planejar as compras desse insumo para evitar que ele falte ou que ele acabe perecendo no estoque pelo excesso.

6 – Realidade virtual e aumentada

Muitos hospitais no Brasil e no mundo já fazem uso de realidade virtual e aumentada para visualizar melhor exames de imagem e realizar treinamentos para cirurgias de média e alta complexidade.

Além disso, essa inovação tecnológica também vem sendo utilizada para fins terapêuticos.

Tendências para o futuro da transformação digital na saúde

Todas essas transformações digitais que citamos anteriormente já fazem parte da rotina de muitos hospitais, clínicas e consultórios e devem ganhar mais força ainda nos próximos anos.

Para além dessas inovações, é possível apontar também algumas tendências para o futuro da medicina. São elas:

1 – Dispositivos vestíveis

Você provavelmente já deve ter visto alguém usar um smartwatch ou pulseiras que medem a frequência cardíaca e contam quantos passos a pessoa deu durante o dia.

A tendência é que esses wearables (dispositivos vestíveis) consigam ir além nas informações capturadas no organismo do usuário e gerem relatórios completos que podem ser enviados em tempo real para o médico.

2 – Internet das Coisas

A Internet das Coisas (Internet of Things – IoT) é uma inovação tecnológica que aos poucos está sendo implementada na área da saúde.

Por meio de dispositivos inteligentes conectados à rede, será possível monitorar a saúde dos pacientes com mais precisão.

Para os diabéticos, por exemplo, já existe uma espécie de “pâncreas artificial”. Trata-se de um dispositivo que não somente monitora o estado de saúde do paciente como também se certifica de manter os níveis adequados de insulina no organismo.

Já no caso de armazenamento e transporte de vacinas, refrigeradores inteligentes possuem sensores que controlam a temperatura das doses e também enviam dados sobre a geolocalização das doses em tempo real.

3 – Farmacogenômica

Outra tendência que vale a pena citar é a farmacogenômica. Basicamente, trata-se do desenvolvimento de medicamentos que consideram as individualidades genéticas de cada paciente.

Essa área inovadora reconhece que nem todo mundo reage da mesma forma a certas composições industrializadas. Tendo isso em vista, a intenção é garantir um prognóstico mais otimista a partir da prescrição de medicamentos e dosagens de acordo com características genéticas.

4 – Impressões 3D

As impressões em 3D devem se tornar cada vez mais comuns na saúde. Com essa tecnologia, é possível imprimir desde equipamentos médicos até próteses dos mais variados tipos.

Para saber mais sobre este tema tão interessante, sugerimos que você assista a este vídeo do Wishbox, com muitos detalhes sobre essa tecnologia:

5 – Robótica em procedimentos cirúrgicos

Com a ajuda de robôs, é possível realizar cirurgias menos invasivas e com maior chance de sucesso.

Em um futuro não muito distante, procedimentos cirúrgicos de diferentes níveis de complexidade poderão ser realizados utilizando a robótica para potencializar as habilidades do cirurgião.

Conclusão

A transformação digital na saúde já é uma realidade e pode ser observada desde a simples marcação de consulta no site da clínica ou hospital até a análise de dados e monitoramento em tempo real do estado de saúde dos pacientes.

Para abraçar a transformação digital, é necessário orientar a cultura organizacional para a inovação e reconhecer o papel da tecnologia na otimização dos processos e na melhoria da assistência médica.

Ficou interessado em começar a usar uma das vantagens da transformação digital na área médica, a prescrição online? Então, juntem-se a mais de 150 mil médicos, cadastre-se gratuitamente, clicando neste link: Prescrição Digital