O mercado de trabalho médico no Brasil é um dos melhores e mais promissores. Isso porque o índice de empregabilidade é alto e a remuneração é boa. No entanto, para entrar no concorrido mercado de trabalho de medicina é preciso estudar bastante. Isso porque a concorrência para as faculdades também é elevada. 

Ainda que sempre haja demanda de profissionais de diversas especialidades médicas em todas as regiões do país, antes de escolher onde atuar é importante avaliar a situação atual. De acordo com o Conselho Federal de Medicina (CFM), os estados que possuem maior concentração de profissionais de medicina por mil habitantes são: Distrito Federal, Rio de Janeiro e São Paulo. 

Além disso, o mesmo estudo mostra uma projeção da quantidade de médicos no Brasil até o ano de 2026, veja o gráfico abaixo:

mercado de trabalho médico grafico

Fonte: CFM 

Quem escolhe essa área de atuação precisa levar em conta que além de ser uma carreira muito positiva, o propósito também é muito importante: o de salvar vidas. Mas, você deve estar se perguntando… Afinal, como é o mercado de trabalho médico, certo? É sobre isso que vamos falar agora. Também vamos abordar neste artigo as melhores profissões de medicina e as especialidades médicas e algumas dicas. Confira. 

Como é o mercado de trabalho médico?

O mercado de trabalho da medicina é bastante concorrido, desde o ingresso na faculdade. A faculdade de medicina no Brasil é uma das mais disputadas. E para falar sobre o mercado de trabalho médico, é necessário explicar um pouco sobre o curso. Afinal, é preciso avaliar tudo para ter certeza de que é isso mesmo que você quer, certo?

O curso de medicina tem duração de 6 anos, sendo que nos três primeiros anos o aluno estuda as matérias básicas e gerais, como anatomia e fisiologia, por exemplo, e depois migra para a parte clínica e aprende um pouco sobre cada especialidade médica. 

Leia também: Conheça as diferenças entre os 4 tipos de prescrição médica e como preencher as receitas corretamente

Os últimos dois anos da faculdade são conhecidos pelo período de internato. É nesse momento que o aluno tem os primeiros contatos com os pacientes e vê na prática como são as especialidades médicas. Depois que ele se forma, ele já tem o CRM, o documento que o habilita a exercer a profissão, no entanto, muitos optam pela residência médica. É na residência médica que o profissional se prepara com mais qualidade para atender os pacientes. Ela pode variar de 2 a 5 anos, a depender da especialidade médica escolhida. 

O mercado de trabalho médico oferece muitas oportunidades para médicos. É possível escolher entre ser um clínico geral, optar por algumas das especialidades médicas e também atuar na área acadêmica e de pesquisa. 

Leia também: Saúde do Idoso e Prescrição Segura

Quais as melhores profissões de medicina? 

Para saber a melhor profissão de medicina vai depender muito do perfil de cada pessoa. Isso porque o que é melhor para uma pessoa, pode não ser para outra. No entanto, para te ajudar a ter um norte, separamos as especialidades médicas mais procuradas, de acordo com o estudo de Demografia Médica. 

Maior número de especialistas

  • Clínica Médica (11,3% do total de especialistas)
  • Pediatria (10,1%)
  • Cirurgia Geral (8,9%)
  • Ginecologia e Obstetrícia (7,7%)
  • Anestesiologia (5,9%)
  • Medicina do Trabalho (4,6%)
  • Ortopedia e Traumatologia (4,1%)
  • Cardiologia (4,1%)
  • Oftalmologia (3,6%)
  • Radiologia e Diagnóstico por Imagem (3,3%) 

Essas especialidades juntas representam mais de 60% dos especialistas médicos no Brasil.

Menor número de especialista

  • Cirurgia Oncológica (0,3%)
  • Cirurgia de Cabeça e Pescoço (0,3%)
  • Cirurgia Torácica (0,3%)
  • Medicina Nuclear (0,2%)
  • Medicina Física e Reabilitação (0,2%)
  • Cirurgia da Mão (0,2%)
  • Medicina Esportiva (0,2%)
  • Radioterapia (0,2%)
  • Genética Médica (0,1%)
  • Medicina de Emergência (0% – 52 profissionais)

Especialidades com melhores salários

O mesmo estudo mostrou que a grande maioria dos médicos (quase 46%) ganha mais de R$ 16 mil por mês. De acordo com a Catho, entre as melhores profissões de medicina no sentido de remuneração, as mais bem pagas são: 

  • Cirurgião Plástico
  • Mastologista
  • Oncologista
  • Médico Auditor
  • Dermatologista
  • Hematologista
  • Cirurgião Geral
  • Ortopedista

3 dicas para ingressar no mercado de trabalho médico 

1. Foque no seu propósito

É comum algumas pessoas falarem para quem quer ingressar no mercado de trabalho de medicina que ele está saturado, pois já existem muitos médicos. Nesses casos, a dica é focar no seu objetivo. 

Se você acha que essa profissão é para você e deseja se dedicar com amor a ela, então foque nisso. Mais do que nunca a humanidade precisa de bons profissionais. Ainda que haja muitas pessoas, sempre haverá espaço para quem é bom e se dedica com o coração

Leia também: A transformação digital é sobre pessoas

2. Goste de pessoas

Não se esqueça que você vai precisar lidar com pessoas o tempo todo da profissão. Portanto, a principal dica para ingressar no mercado de trabalho médico é gostar de lidar com gente.

Leia também: Você conhece quais são as metas de segurança do paciente?

3. Nunca pare de estudar e se atualizar

A medicina é uma área muito dinâmica. A todo momento acontecem diversas descobertas de novos tratamentos e novos medicamentos, se o médico não se atualizar constantemente ele pode acabar perdendo boas oportunidades. 

Até mesmo em termos de praticidade. Por exemplo, hoje em dia já existem plataformas como a Memed que oferecem a possibilidade de o médico gerar uma receita digital de forma gratuita e com funcionalidades que vão contribuir com a economia de tempo no dia a dia.

Agora que você já sabe como é o mercado de trabalho em medicina, viu as melhores profissões e oportunidades para médicos, quer continuar por dentro de tudo no mundo da saúde? Acompanhe o blog da Memed.