Como funciona receita digital para pacientes? 

Essa é uma dúvida que muitas pessoas que começaram a ter contato recentemente com esse formato de prescrição medicamentosa costuma se fazer.

A prescrição de medicação com receita digital não é uma prática totalmente nova. No entanto, ela ganhou maior adesão por parte de médicos, pacientes e farmácias em 2020, ano em que se instaurou a pandemia de Covid-19 e que foi publicada a portaria do Ministério da Saúde que estabelece algumas regras mais específicas de receitas médicas digitais.

Com as receitas digitais, os pacientes não precisam mais sair de casa para obter a prescrição junto ao médico nem para comprar o remédio na farmácia.

Nas próximas linhas, você vai descobrir quais são os passos de como comprar remédio com receita digital e os principais benefícios de aderir a esse formato de prescrição medicamentosa.

Veja mais: Prescrição digital: Quebrando paradigmas na saúde

Como funciona receita digital para pacientes?

Como bem mencionamos na nossa introdução, a receita digital se popularizou em 2020 em virtude das recomendações de isolamento social.

Com as pessoas evitando sair de casa como forma de se proteger da Covid-19, cresceram os números de consultas médicas e prescrições online de medicamentos.

As receitas digitais funcionam da mesma forma que as prescrições que já conhecemos em papel. Inclusive, elas devem obedecer aos mesmos requisitos previstos em lei no que se refere ao preenchimento de informações.

O que muda mesmo é apenas o formato em que as receitas são emitidas; do físico para o digital.

Como funciona o processo da prescrição de receita digital?

1. O médico prescreve a receita digital

Por meio de sistema especializado, os médicos preenchem a receita digital especificando quais medicamentos o paciente precisa utilizar no seu tratamento e qual o modo de uso. Além disso, o médico pode inserir algumas observações que ele achar pertinente.

2. O paciente recebe a receita por e-mail ou SMS

Depois de preencher e assinar a receita com um certificado digital emitido por uma autoridade certificadora reconhecida pela ICP-Brasil, o médico envia a prescrição eletrônica para o paciente via e-mail, WhatsApp ou SMS.

3. O paciente apresenta a receita na farmácia

O paciente, então, com a receita em seu celular, a apresenta na farmácia para fazer a compra dos medicamentos prescritos.

Não é necessário imprimir a receita e nem apresentá-la presencialmente para o farmacêutico. Se a farmácia tiver um serviço de entrega a domicílio, basta que o paciente envie a receita digital por e-mail, SMS ou até mesmo pelo WhatsApp e o farmacêutico consegue fazer a dispensação dos medicamentos.

Veja também: Pesquisa com médicos da Memed revela preferência por plataformas de prescrição inteligente

Farmácia aceita receita digital de qualquer medicamento?

Por enquanto, as farmácias só estão autorizadas a aceitar receitas digitais que prescrevem alguns tipos específicos de medicamentos.

Alguns antibióticos, ansiolíticos, antidepressivos, anticonvulsivantes, antipsicóticos e controladores de hormônios podem ser comprados com receita digital.

Já outros medicamentos, como os retinóides e a talidomida, ainda são aceitos nas farmácias somente perante a apresentação de notificações de receituário especial (a receita amarela, por exemplo).

É importante lembrar que receita digital não é o mesmo que receita digitalizada. Você escanear uma receita física ou simplesmente fotografá-la com o celular faz dessa prescrição apenas uma digitalização sem validade jurídica. Ainda é necessário apresentar o documento original para conseguir comprar o remédio na farmácia.

Já a receita digital existe apenas em ambiente virtual e tem a sua autenticidade comprovada por um certificado digital.

Confira também em nosso blog: Atestado médico digital: como funciona e quais os benefícios deste serviço?

Passo a passo: como comprar remédio com receita digital?

Agora que você já sabe como funciona receita digital para pacientes, é hora de conferir um passo a passo de como comprar remédio com receita digital.

Siga as etapas que vamos citar logo abaixo e retire os seus medicamentos na farmácia sem dificuldades.

Passo 1 – Consulte-se com o seu médico

Não há como comprar remédio com receita digital sem se consultar antes com o seu médico. A partir do diagnóstico é que ele vai decidir quais medicamentos você precisa tomar e qual o modo de uso adequado.

Passo 2 – Verifique qual farmácia aceita receitas digitais

Como você bem sabe, as farmácias não são obrigadas a aderir a esse formato de prescrição medicamentosa. Portanto, o segundo passo consiste em verificar se a farmácia aceita receita digital.

Passo 3 – Apresente o código da receita para o farmacêutico

Após receber no seu e-mail, SMS ou WhatsApp a receita digital emitida pelo seu médico e verificar se a farmácia da sua preferência aceita esse formato de prescrição, você deve apresentar o código da receita para que o farmacêutico consiga acessar o documento online e fazer a dispensação.

Dependendo do estabelecimento, você pode enviar a receita digital para a drogaria e solicitar a entrega do medicamento em domicílio.

Benefícios da receita digital

E então, ficou claro como comprar remédio com receita digital?

Se você ainda está em dúvida se esse formato de receita médica é indicado para iniciar seu tratamento, confira abaixo alguns dos principais benefícios da receita digital:

  • Redução de erros no preenchimento da receita;
  • Letras legíveis, o que garante a plena compreensão dos pacientes sobre quais medicamentos tomar e a modo de uso;
  • Praticidade para obter as receitas, dispensando a necessidade de ir até o consultório médico, cada vez que precisa de uma nova receita para algum tratamento crônico ou de uso prolongado.;
  • Armazenamento seguro dos dados sobre o histórico de tratamento dos pacientes.

Leia também: Receita Médica Digital e seus benefícios

Gostou de toda essa praticidade, comodidade e segurança? Então, peça ao seu médico para se cadastrar na Memed, avise que é grátis e indique este link para ele: Prescrição Digital