O Dia Mundial da Saúde é um momento de sensibilização global para a saúde. A data é comemorada desde 1950 e homenageia a criação da Organização Mundial da Saúde (OMS) durante a primeira Assembleia Mundial da Saúde, em 1948. Contudo, seu objetivo é muito mais abrangente. 

Segundo a OMS, mais de 13 milhões de mortes por ano em todo o mundo são provenientes de causas ambientais que poderiam ser evitadas. Uma delas é a crise climática, que é uma grande ameaça à saúde enfrentada pela humanidade. Portanto, a crise climática também pode ser considerada uma crise de saúde. 

Mas aí você deve estar se perguntando: o que a crise climática tem a ver com o objetivo do Dia Mundial da Saúde?

Qual o objetivo do Dia Mundial da Saúde?

O objetivo do Dia Mundial da Saúde é chamar a atenção da sociedade para problemas que afetam a saúde global, bem como fomentar reflexões sobre a saúde de cada pessoa. Dessa maneira, a data é também utilizada para ensinar sobre prevenção de doenças e para fazer alertas sobre diversos riscos

A cada ano um determinado ponto é escolhido para trazer à tona, a fim de promover campanhas e discussões buscando o engajamento de líderes globais, governos, corporações e até mesmo cada indivíduo. Um desses pontos é a crise climática que afeta diretamente a saúde global. 

Qual é o Dia Mundial da Saúde?

O Dia Mundial da Saúde da OMS é celebrado globalmente em 7 de abril. Contudo, o Brasil também possui a sua própria data para a comemoração: 5 de agosto. Ela foi escolhida para homenagear o nascimento do médico e cientista Oswaldo Cruz.

O Dia Mundial da Saúde é apenas uma data comemorativa na qual fala-se mais sobre o assunto e a saúde ganha ainda mais destaque em campanhas, por exemplo. No entanto, o cuidado com a saúde deve ser prioridade em todos os dias da vida do ser humano. Então, para isso é importante entender o que é de fato saúde, certo? 

O que é saúde? 

De acordo com a OMS, saúde não é apenas a ausência de doença ou enfermidade. É comum pensarmos que se não estamos doentes ou com nenhuma doença aparente, temos saúde. Mas essa não é a forma mais correta de se pensar. Isso porque a saúde é um estado de completo bem-estar físico, mental e social

Muitas vezes achamos que temos boa saúde, mas, na verdade, é preciso melhorar em algum aspecto. Para te ajudar, separamos algumas dicas simples que são atitudes básicas para se ter uma boa saúde, veja a seguir.

O que fazer para ter uma boa saúde?

  • Tenha uma alimentação saudável, com frutas, verduras e legumes, evitando alimentos processados, frituras e açúcares;
  • Beba muita água
  • Pegue um pouco de sol diariamente; 
  • Faça atividade física regularmente, pelo menos 30 minutos todos os dias;
  • Durma bem, com boas horas de sono de qualidade, fique atento caso tenha insônia;
  • Faça exames preventivos regularmente;
  • Não faça uso de drogas; 
  • Faça atividades ao ar livre;
  • Tire um tempo para você e medite;
  • Encontre seus amigos e família.

Leia também: Qual a importância da abordagem centrada na pessoa?

Como cada um contribui para a saúde mundial? 

Cada setor possui seu dever para colaborar com a saúde mundial. Dessa maneira, a OMS lista propostas diferentes e relativas com aquilo que está ao alcance de determinado grupo, veja a seguir algumas delas.  

Governos

  • Priorizar o bem-estar da sociedade a longo prazo;
  • Não continuar com novos projetos de exploração de combustíveis fósseis e implementar políticas de produção e uso de energia limpa;
  • Tributar os poluidores e incentivar a redução de carbono;
  • Colocar em prática as Diretrizes de Qualidade do Ar da OMS;
  • Utilizar energias renováveis nas instalações de saúde;
  • Criar políticas para reduzir o desperdício de alimentos.

Trabalhadores da saúde e instalações de saúde

Algumas das ações propostas pela OMS para esse público são:

  • Contribuir para a redução dos resíduos durante os cuidados de saúde;
  • Oferecer nas instalações de saúde alimentos produzidos localmente e de maneira mais sustentável, bem como priorizar escolhas alimentares saudáveis, de modo que haja a redução de refrigerantes e ultraprocessados;
  • Reduzir o excesso de carbono nas instalações de saúde;
  • Identificar oportunidades para economia de energia;
  • Garantir água limpa nas instalações de saúde;
  • Fomentar a utilização de produtos amigos do meio ambiente, aqueles que são mais facilmente recicláveis ou reutilizáveis;
  • Colocar a saúde sempre no centro das políticas relacionadas às alterações climáticas.

 

Leia também: A transformação digital é sobre pessoas

Indivíduos

Cada pessoa como cidadã também possui seu papel para melhorar a saúde no mundo. Seja explanando suas ideias, de forma a exigir com que as autoridades tomem medidas para proteger o meio ambiente e a saúde da população, seja tendo atitudes simples que inspirem outras pessoas a fazer o mesmo. 

É comum pensar que apenas pessoas influentes e líderes são responsáveis pela mudança no mundo. Contudo, cada pessoa fazendo sua parte, ajuda a mudar seu círculo, que porventura poderá causar um impacto no mundo. 

A OMS destaca algumas atitudes simples que contribuem, como: 

  • Ir para o trabalho pedalando ou caminhando pelo menos um dia na semana; bem como optar por transporte público ao invés de usar seu carro particular; 
  • Apagar a luz do ambiente que não estiver sendo utilizado;
  • Comprar alimentos de produtores locais e evitar alimentos e bebidas altamente processados;
  • Parar de fumar, pois além de poluir o meio ambiente também é altamente prejudicial à sua saúde e de quem está perto de você;
  • Usar menos plástico de uma forma geral, mas é possível começar pelas sacolas de supermercados. 

Gostou deste conteúdo? Compartilhe com as pessoas que vão gostar de saber também qual o objetivo do Dia Mundial da Saúde e o que fazer para se manter saudável. Continue acompanhando o blog da Memed para ficar por dentro de tudo sobre o universo da saúde.