Ela está relacionada diretamente com a saúde do colaborador de uma empresa e as atividades que ele desempenha em seu cargo. Neste artigo vamos falar sobre a medicina do trabalho, o que é, como ela funciona e quais as atribuições do profissional. 

De acordo com o estudo Demografia Médica no Brasil de 2020, a medicina do trabalho é uma das especialidades mais frequentes entre os profissionais formados em medicina. É a sexta especialidade mais praticada, com mais de 19 mil profissionais, isso representa 4,6% do total, conforme é possível visualizar na imagem abaixo: 

medicina do trabalho o que é tabela com dados

Fonte: Demografia Médica no Brasil 2020

O profissional que possui essa especialidade e atua no mercado de trabalho desempenha um papel importante dentro das empresas de uma maneira geral. Isso porque ele melhora a qualidade de trabalho do colaborador e também ajuda a empresa a evitar possíveis problemas trabalhistas.  

Mas, para entender mais exatamente o que é a medicina do trabalho, vamos te explicar conceituando-a. Veja a seguir.   

Medicina do trabalho: o que é?

A Medicina do Trabalho é uma das especialidades que o profissional de medicina pode optar. Ela está relacionada com a saúde dos trabalhadores de uma empresa. Isso engloba além da saúde física e mental, o bem-estar e a qualidade de vida, a prevenção de acidentes e doenças do trabalho.

Dessa forma, a principal missão da Medicina do Trabalho é zelar pela saúde de cada trabalhador da empresa, seja qual for sua posição. Para isso, são promovidas atividades a fim de preservar a segurança e bem-estar do funcionário no ambiente organizacional.

Agora que você já sabe o que é medicina do trabalho, pode estar se perguntando… E a saúde ocupacional, o que é? A saúde ocupacional está intimamente ligada com a Medicina do Trabalho, isso porque ela também tem como objetivo prevenir doenças e qualquer problema de saúde que o trabalho possa causar ao trabalhador.

De uma forma mais simples para entender o que é a Medicina do Trabalho e o que é a saúde ocupacional, ambas têm o mesmo objetivo que é a proteção e a saúde dos colaboradores de uma empresa no ambiente de trabalho. 

Leia também: Você conhece quais são as metas de segurança do paciente?

Embora muitas pessoas possam imaginar que a medicina do trabalho é apenas o exame admissional, periódico e demissional, as funções de um profissional dessa área são bem mais abrangentes.

Quais são as funções do médico do trabalho?

Como já mencionamos anteriormente, a principal função do médico do trabalho é promover e preservar a saúde do trabalhador. É esse profissional que avalia as condições de trabalho que uma empresa oferece. Também é seu dever avaliar se o desempenho de determinada função pode gerar ou não risco para a saúde física ou mental dos funcionários.  

Dessa maneira, ao entender as funções desse profissional, é possível compreender melhor também o que é a Medicina do Trabalho. Veja a seguir outras atribuições do médico do trabalho:

  • Analisar os postos de trabalho;
  • Mapear possíveis riscos ocupacionais da empresa; 
  • Certificar que a empresa está em conformidade com as leis trabalhistas;
  • Atender os funcionários da empresa para conhecer suas necessidades;
  • Gerenciar o setor de saúde ocupacional de uma empresa. 

Como funciona a medicina do trabalho? 

É importante destacar que a Medicina do Trabalho tem como missão prevenir e controlar doenças ocupacionais, ou seja, aquelas causadas pelo trabalho. Isso significa que o médico deve estar atento a qualquer pequeno sinal em seus colaboradores para agir com rapidez. 

De uma maneira geral, o médico do trabalho começa a criar uma relação mais próxima com cada funcionário já no momento em que ele começa a trabalhar, ainda no exame admissional. 

Depois disso, ele acompanha a vida do trabalhador dentro da empresa para evitar doenças e outras condições que torne o profissional incapacitado de exercer suas atividades. Da mesma forma que ele também também ajuda a promover o melhor ambiente de trabalho para minimizar as possibilidade de acidente.  

No que diz respeito à prevenção de doenças do trabalho, vale mencionar também aquelas que mais atingem os trabalhadores e, por isso, são aquelas que os médicos precisam ficar mais atentos, são elas:

  • Lesão por esforço repetitivo (LER);
  • Distúrbio osteomuscular relacionado ao trabalho (DORT), são aquelas doenças que acometem ossos, músculos, tendões e ligamentos;
  • Estresse;
  • Depressão;
  • Surdez (temporária ou definitiva);
  • Asma ocupacional;
  • Problemas de visão;
  • Dermatose (doenças de pele) ocupacional;
  • Catarata ocular;
  • Doenças psicossociais.

Quais leis estão relacionadas com a Medicina do Trabalho?

No Brasil existem as NRs ou Normas Regulamentadoras relativas à Segurança e Medicina do Trabalho. As primeiras normas foram aprovadas por meio da Portaria N.º 3.214/1978. Atualmente já existem 37 NRs vigentes. 

Elas englobam as obrigações, os direitos e deveres que devem ser cumpridos pelos empregadores e trabalhadores. O objetivo é garantir que o trabalho seja seguro e sadio, e que haja ações para prevenção de doenças e acidentes de trabalho.

De uma maneira geral, elas também servem como norteadores de tudo aquilo que uma empresa deve fazer para que o local de trabalho seja adequado para o trabalhador. 

Qualquer empresa hoje no Brasil que contrata colaboradores pelo regime de CLT precisa manter um Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO). Uma das obrigações desse programa é a realização de exames. Com o avanço da telemedicina, uma dúvida que pode surgir é sobre a adequação da Medicina do Trabalho com a teleconsulta. Será que esses exames também podem ser feitos a distância?

É possível realizar teleconsulta para medicina do trabalho?

Assim como a maioria das consultas podem ser realizadas por meio da telemedicina, o mesmo acontece na saúde ocupacional, o que é um grande benefício. Dessa forma, quando falamos sobre as consultas, exames e laudos relacionados com a Medicina do Trabalho é sim possível fazer por meio da teleconsulta. 

Com isso, todas as informações são organizadas e colocadas em nuvem, o que torna viável a consulta ser realizada de qualquer lugar. 

Os exames obrigatórios dentro do que é a saúde ocupacional estão: 

  • Exame admissional; 
  • Exame periódico e complementar;
  • Exame de mudança de função;
  • Exame de retorno ao trabalho;
  • Exame demissional.

Além disso, outros exames também podem ser solicitados como uma forma de acompanhamento da saúde do trabalhador. Entre eles, os mais pedidos pelos médicos são:

  • Audiometria ‒ exame para avaliar a capacidade auditiva;
  • Acuidade visual ‒ exame que avalia a nitidez e clareza da visão;
  • Exames laboratoriais;
  • Espirometria ocupacional ‒ verifica a capacidade pulmonar;
  • Eletrocardiograma em repouso ‒ avalia a atividade elétrica do coração;
  • Eletroencefalograma ocupacional ‒ avalia a atividade elétrica do cérebro. 

Vale ressaltar que ao realizar uma consulta online, é fundamental que o médico use uma plataforma de prescrição online. Para isso, é possível contar com a Memed que é uma plataforma de prescrição gratuita e auxilia tanto médicos em teleconsultas, como também é uma ótima ferramenta para consultas presenciais. 

Leia também: Vantagens da receita digital: entenda como funciona esse formato e se vale a pena prescrever medicamentos digitalmente

Agora que você já sabe o que é a Medicina do Trabalho e como ela funciona, que tal continuar por dentro de tudo sobre medicina e o setor de saúde? Continue acompanhando o blog da Memed.