A saturação de oxigênio está relacionada com a circulação de oxigênio em nossa corrente sanguínea. Saber quais os sintomas de saturação baixa pode te ajudar a identificar problemas mais graves. Para entender por que a saturação fica baixa e o que é isso, continue lendo este artigo. 

Nos últimos tempos ouvimos falar bastante em saturação baixa de oxigênio por conta do Covid-19, não é mesmo? Você deve ter ficado sabendo também de casos de hipóxia silenciosa, que está intimamente relacionada com a saturação baixa. Mas se você só ouviu falar e não entendeu nada do que significa saturação baixa, calma que vamos te explicar. 

Separamos por partes para o entendimento ficar mais claro. Vamos começar pela definição.

O que significa saturação baixa?

Saturação de oxigênio no sangue significa a quantidade de oxigênio que existe no sangue e ela é calculada tendo como base 100ml de sangue. Dessa forma, ter uma saturação baixa de oxigênio quer dizer que os níveis de oxigênio no sangue estão abaixo do normal. 

Leia também: O que é a telemedicina e como é sua regulamentação no Brasil?

Mas, afinal de contas, qual o nível normal de saturação? 

Qual nível normal de saturação?

O nível normal de saturação de oxigênio do sangue é sempre maior do 95% considerando uma pessoa saudável. O ideal é que esse valor esteja sempre entre 97% e 98%. Ou seja, em 100ml de sangue deve haver mais do 95% de moléculas de oxigênio.

Quando o nível estiver abaixo de 93%, por exemplo, é imprescindível que um médico seja procurado, pois é importante identificar essa taxa como um sinal de alerta de algo mais grave que pode acontecer. Portanto, a saturação 90 é considerada baixa.

Nesse momento surge ainda outra dúvida. Quais os sintomas de saturação baixa?  Como saber se esse nível está normal em mim ou não?

Leia também: Pesquisa com médicos da Memed revela preferência por plataformas de prescrição inteligente

Quais os sintomas de saturação baixa?

Quando estamos com níveis baixos de oxigênio no sangue, ou seja, quando há a saturação baixa, alguns sintomas claros são percebidos, como: 

  • Falta de ar;
  • Respiração curta;
  • Fraqueza; 
  • Cansaço; 
  • Pressão alta; 
  • Frequência cardíaca acelerada; 
  • Confusão mental;
  • Palpitações;
  • Irritação;
  • Tontura;
  • Suor excessivo;
  • Sonolência;
  • Desmaio;
  • Cianose, que são as extremidades dos dedos ou lábios arroxeados;
  • Coma;
  • dentre outros sintomas. 

Dessa forma, se você sente esses sintomas, é importante ficar atento e procurar um médico. Isso porque quando existe pouca oxigenação no sangue e isso não é tratado pode levar a complicações graves.

No entanto, embora esses sintomas de saturação baixa sejam bem perceptíveis, existe um problema com pacientes que testaram positivo para Covid-19: a hipóxia silenciosa. 

O que é hipóxia silenciosa?

A hipóxia silenciosa nada mais é do que a saturação baixa sem sintomas. 

É isso mesmo: você não sente nada do que citamos acima e mesmo assim seus níveis de oxigênio no sangue são baixíssimos, já houve caso de chegar a 66, por exemplo. E isso é gravíssimo. 

Por isso, qualquer pessoa que tenha testado positivo para Covid-19 precisa tomar um cuidado redobrado com a saúde para evitar essa queda abrupta da saturação. É preciso também monitorar a saturação de oxigênio no seu sangue frequentemente, pois é possível ter a hipóxia silenciosa e não saber. 

Para isso, em casa mesmo você pode pode fazer a medição, por meio de um oxímetro, que é um aparelho colocado no dedo que mede a quantidade de oxigênio no seu sangue. Como mostrado na imagem abaixo. Dessa maneira, ele te informa automaticamente qual nível de oxigênio no sangue.

quais os sintomas de saturação baixa

Leia também: Ecossistema digital de saúde: o que é e como funciona?

Dessa forma, fazer esse controle dos níveis de oxigênio no sangue com frequência pode ajudar a ter um atendimento mais rápido e efetivo. Isso porque se estiver muito baixo ou se você perceber que está abaixando, deve procurar um pronto socorro imediatamente. 

Nessa hora, começamos a nos perguntar, mas afinal de contas… 

Por que a saturação baixa?

A saturação baixa acontece quando o oxigênio não consegue chegar até os alvéolos pulmonares para fazer a troca gasosa. Dessa forma, não há uma troca gasosa efetiva entre oxigênio e o dióxido de carbono. 

O normal é que o oxigênio seja levado pela corrente sanguínea para “alimentar” todas as células do nosso corpo. Por outro lado, o dióxido de carbono é retirado das células pela corrente sanguínea e deve ser eliminado do nosso corpo. 

Quando essa troca gasosa não acontece de maneira correta, a corrente sanguínea fica com excesso de dióxido de carbono, isso faz com que não entre oxigênio suficiente, culminando no baixo nível de oxigenação do sangue.

Mas digamos que você não esteja com saturação baixa, nem passando por essa situação mais crítica, mas mesmo assim quer saber como melhorar a saturação. 

Como aumentar a saturação de oxigênio?

Existem algumas atitudes que você pode tomar no seu dia a dia para melhorar a saturação de oxigênio no seu sangue. Veja algumas delas:

  • Consuma mais alimentos com antioxidantes: esses compostos neutralizam os radicais livres e permitem que o corpo use o oxigênio de forma mais eficiente. Alguns exemplos são: gengibre, aveia, azeite de oliva extra virgem e frutas vermelhas; 
  • Respire corretamente e calmamente: a maioria dos adultos usa aproximadamente apenas ⅓ de sua capacidade pulmonar. Isso faz com que menos oxigênio entre no pulmão e na corrente sanguínea, o que reduz a saturação. Sempre que quiser fazer um exercício respiratório, inspire lenta e profundamente pelo nariz e solte lentamente pela boca. Preste atenção na sua respiração e no quanto sua mente se acalma enquanto faz o exercício. 
  • Faça atividade física: uma simples caminhada pode ajudar o corpo a utilizar o oxigênio de forma mais eficiente enquanto remove resíduos do corpo por meio do sistema linfático.   
  • Coloque plantas em sua casa: elas ajudam a purificar o ar. Alguns exemplos são: espada-de-São-Jorge, o lírio da paz e a samambaia.

Você gostou desse conteúdo? Quer tirar outras dúvidas relacionadas à sua saúde? Continua acompanhando o blog da Memed. Somos uma plataforma digital de saúde e nosso objetivo é fornecer tecnologia para facilitar a vida dos pacientes e dos médicos.  

Você também pode se interessar por esse conteúdo: A telemedicina e o tratamento para insônia