Ter uma boa formação, muito conhecimento na sua área de atuação e atender em um ótimo consultório muitas vezes não é o suficiente para garantir muitos pacientes. O marketing digital para médicos é tão importante quanto todos esses fatores. Isso significa que uma combinação bem feita de tudo isso pode ser a chave para o que você está buscando. 

De uma maneira geral, o marketing digital para médicos serve para conquistar novos pacientes, promover a fidelização daqueles já existentes, além de criar uma identidade mais profissional. 

De acordo com um estudo divulgado pelo Insper, o número de pessoas que acessam a internet regularmente representa quase 63% da população do mundo. O mesmo estudo também mostrou que o Brasil é o terceiro país em tempo que as pessoas gastam na internet, como é possível ver no gráfico abaixo:  

marketing digital para medicos gráfico

Fonte: Insper

Diante desses números, é inegável a necessidade da presença digital do médico, não é mesmo? Afinal de contas, a grande maioria dos possíveis pacientes se encontra nesse ambiente. 

Mas, é comum surgir a dúvida sobre como fazer ações de marketing digital para médicos de forma que elas estejam de acordo com o Código de Ética Médica. E é importante mesmo que haja essa preocupação, já que estamos falando de um setor altamente regulado. 

Para te ajudar com isso, antes de falar sobre ferramentas de marketing digital que podem ser usadas e estratégias de marketing digital para médicos, separamos informações importantes sobre o Código de Ética Médica.

O que diz o Código de Ética médico com relação à presença digital do médico?

O marketing digital na medicina requer muito mais atenção do que se formos pensar em outros setores. Isso porque a área de saúde é mais complexa e sensível, sem contar que é muito mais regulada, não é mesmo?

O Código de Ética Médica foi elaborado pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) e contém regras de publicidade, que incluem ações de marketing digital para os profissionais do setor. Veja abaixo algumas dicas para seguir ao fazer marketing digital para médicos: 

  • Não garanta resultados para os pacientes;
  • Não utilize as palavras “melhor” ou “único que oferece”;
  • Não se dizer especialista em uma área que não é;
  • Confirme todas as informações divulgadas e não se envolva em propaganda enganosa ou divulgue informações sensacionalistas; 
  • Não divulgar fotos de pacientes;
  • Não prescrever medicamentos nem consultar paciente por redes sociais, para utilizar a telemedicina existem os canais corretos.

Além dessas dicas, quando um médico ou uma clínica participa de qualquer tipo de publicidade é necessário consultar o Manual de Publicidade Médica também criado pelo CFM e demais normas que regem o tema.  

Leia também: Tecnologia e medicina: quais os benefícios dessa combinação?

4 estratégias de marketing digital para médicos 

  1. Crie um site responsivo

Hoje em dia, praticamente todas as pessoas antes de se consultarem com um médico fazem algum tipo de pesquisa. Portanto, ter um site é o primeiro passo para começar uma estratégia de marketing digital para médicos. 

Além disso, é importante que ele seja profissional e responsivo. Isso significa que é preciso ter todas as informações básicas sobre o médico, o consultório e como marcar consultas e também precisa ser fácil de ler em qualquer dispositivo, tanto em computadores e notebooks, como em celulares e tablets. 

O conteúdo precisa ser escrito de forma clara, concisa e sem erros de português; as imagens de qualidade e uma navegação intuitiva também ajudam na experiência do paciente. 

Além disso, o site precisa estar alinhado ao atendimento que ele terá no consultório, certo? Um site clean e atrativo vai causar uma boa primeira impressão que durante a consulta deve ser mantida. Afinal, estamos falando de presença digital. Se um paciente não gostar da experiência completa ele poderá fazer comentários negativos. 

Leia também: Como a medicina digital auxilia a sociedade?

  1. Invista na presença digital 

A presença digital é fundamental para uma boa construção de estratégia de marketing digital para médicos. Isso vai além da construção do site. Presença digital diz respeito ao profissional estar nas redes sociais, por exemplo. 

Existem diversas redes sociais hoje em dia e os pacientes estão nelas. Antes de começar a usar, no entanto, é preciso entender em qual delas o seu público-alvo está, para que seu uso seja mais eficaz. A ideia é fazer das redes sociais um canal de diálogo com os pacientes no sentido de conscientizar, trazer informação relevante e construir sua reputação digital. 

Não significa que para isso você deve compartilhar cada momento de sua vida pessoal, certo? É até possível compartilhar uma coisa ou outra para trazer mais proximidade, mas não é essencial sempre, principalmente se você não se sente à vontade com isso. É possível ter um perfil totalmente profissional e ainda assim estar próximo dos pacientes. 

  1. Crie um blog e use técnicas de SEO

Além de ter um site profissional, outra boa estratégia de marketing digital para médicos é criar um blog que esteja linkado a este site. O blog é um importante canal para divulgar conteúdo relevante e de qualidade. 

Além de ser uma maneira de esclarecer dúvidas e divulgar estudos e novidades de sua área de atuação, também é uma forma de ser encontrado na internet. Para isso, invista em técnicas de Search Engine Optimization (SEO).

Elas são responsáveis por mostrar ao Google que o seu site é relevante e assim aparecer nas buscas dos pacientes. Algumas das mais importantes são:

  • Pesquisar e planejar palavras-chave que tenham a ver com sua especialidade e que sejam de interesse dos pacientes;
  • Entender como um visitante do seu site se comporta, identificando, por exemplo, o que chama mais a atenção dele; 
  • Criar um endereço para o site que seja fácil de digitar;
  • Ter cuidado com a qualidade do conteúdo publicado;
  • Analisar os resultados para ver onde pode melhorar e o que está dando certo.

Leia também: Quais os principais impactos da LGPD na saúde?

  1. Use ferramentas de marketing digital

Para dar conta de tudo isso e de tanta novidade, uma boa dica é usar ferramentas de marketing digital. Com elas é possível organizar e acompanhar seu crescimento no digital. Afinal de contas, de que adianta investir tanto e não saber como estão os resultados, não é mesmo? 

Algumas delas são: 

  • MailChimp: é utilizada para campanhas de e-mail marketing;
  • Canva: pode ser utilizado para criar elementos gráficos e imagens para publicação nas redes sociais, por exemplo;
  • Google Analytics: é usado para mensurar os acessos que o site possui;
  • Google Ads: é uma ferramenta de anúncios do Google, por meio dele você cria campanhas pagas na internet e acompanha o resultado;
  • WordPress: plataforma para criar sites e blogs; 
  • Wix: também é outra plataforma para criação de sites e blogs. 

Agora que você já conhece boas estratégias de marketing digital para médicos e como ter uma presença digital, quer continuar por dentro de tudo que acontece quando o assunto é saúde? Continue acompanhando o blog da Memed.