Como você cuida da agenda de pacientes do seu consultório? Faz tudo à mão ou conta com a ajuda de um software especializado?

A agenda de consultas é uma ferramenta-chave para a rotina médica. Se bem gerenciada, ela pode ajudar a otimizar o tempo do médico, evitar atrasos e garantir uma experiência positiva para os pacientes.

Pensando nisso, elaboramos aqui um conteúdo com 5 dicas essenciais de como gerenciar a agenda médica e manter o dia a dia do seu consultório sempre em ordem:

  1. Defina um tempo aproximado para cada consulta;
  2. Confirme o comparecimento do paciente com pelo menos um dia de antecedência;
  3. Intercale as consultas de acordo com o tempo de duração;
  4. Mantenha-se sempre alinhado com a sua equipe de atendimento e marcação de consulta;
  5. Invista em um software especializado em marcação de consulta.

Veja mais: Agendamento de exames e a transformação digital

Por que é importante fazer uma boa gestão da agenda de pacientes?

Antes de mostrarmos como gerenciar a agenda médica, vale a pena pontuarmos a importância de se atentar a esse relevante aspecto da rotina de um profissional de medicina.

A agenda de pacientes é onde ficam definidas todas as próximas consultas do médico. Mantê-la bem organizada é fundamental para que se consiga oferecer um bom atendimento e garantir a satisfação dos pacientes.

Uma agenda de consultas caótica e sem uma gestão adequada acaba gerando reflexos negativos na experiência dos pacientes, como atrasos e cancelamentos em cima da hora. Se isso não for corrigido, o consultório ou a clínica podem ter a sua reputação prejudicada.

Quando o agendamento de consulta é bem conduzido, a produtividade do médico melhora de forma considerável, pois ele consegue atender mais pessoas no mesmo dia, evitando “buracos” na agenda.

Com uma eficiente gestão da agenda de consultas, consegue-se transmitir profissionalismo e confiança para os pacientes.

Leia também: Como a Memed te ajuda a evitar erros de prescrição

O momento da consulta é uma etapa importante da jornada do paciente. Entenda melhor esse tema assistindo a este vídeo:

5 dicas de como gerenciar a agenda médica de maneira mais eficiente

Uma agenda de pacientes bem gerenciada e organizada pode trazer muitos benefícios para o seu consultório, como maior produtividade e qualidade no atendimento.

Confira a partir de agora 5 dicas valiosas de como fazer uma gestão mais eficiente da sua agenda de consultas.

1 – Defina um tempo aproximado para cada consulta

Na agenda de pacientes, o tempo é um fator essencial. Portanto, é importante que você defina quanto tempo, em média, cada consulta deve durar.

Dessa forma, é possível organizar os horários disponíveis para futuras marcações e evitar que os pacientes fiquem muito tempo esperando para serem atendidos.

E não se esqueça de reservar uma “folguinha” de aproximadamente 15 minutos entre uma consulta e outra para lidar com imprevistos e encaixes de urgência.

2 – Confirme o comparecimento do paciente com pelo menos um dia de antecedência

Pacientes faltosos podem gerar um desequilíbrio na sua agenda. Tendo isso em vista, busque entrar em contato com o seu paciente com pelo menos um dia de antecedência para confirmar a presença dele na próxima consulta.

Se ele não puder comparecer, fica mais fácil fazer o remanejamento da agenda de pacientes, evitando a perda de produtividade do consultório.

3 – Intercale as consultas de acordo com o tempo de duração

Você já deve saber que umas consultas podem durar mais ou menos que outras, dependendo da natureza de cada uma delas. A primeira consulta, por exemplo, tende a ser mais demorada do que a de retorno.

Ao intercalar as consultas na sua agenda de paciente considerando esse aspecto, você consegue equilibrar melhor os seus horários de atendimento, evitar eventuais atrasos e potencializar a eficiência e a produtividade da sua clínica ou consultório.

4 – Mantenha-se sempre alinhado com a sua equipe de atendimento e marcação de consulta

Se no seu consultório ou clínica você conta com um time de atendimento para recepcionar os pacientes e fazer a marcação de consultas, é de extrema importância que você mantenha uma comunicação clara e esteja sempre alinhado com eles.

Isso significa que você precisa comunicar, por exemplo, quais dias da semana você não estará disponível, período de recesso, cursos, cirurgias ou outros compromissos que podem impactar a sua agenda de pacientes.

5 – Invista em um software especializado em marcação de consulta

Para otimizar o gerenciamento da sua agenda de pacientes, invista em uma plataforma especializada.

Com esse tipo de ferramenta, é possível automatizar a marcação de consultas, programar o envio automático de lembretes para os pacientes e também permitir que eles mesmos façam o agendamento das próprias consultas de maneira online.

Além disso, um software de gestão de agendamento de consultas permite ter uma visualização mais clara sobre seus compromissos e estabelece uma comunicação mais eficiente com os profissionais que recepcionam os pacientes.

O controle e organização da sua agenda de pacientes é fundamental para oferecer um atendimento de qualidade e garantir o sucesso da sua clínica ou consultório.

Portanto, siga as dicas que trouxemos aqui e melhore a sua gestão de consultas.

Veja também: ​​A importância da abordagem centrada no paciente

A Memed é um ecossistema digital de saúde que proporciona diversas facilidades para o médico, como a prescrição digital. Dentre suas vantagens, podemos citar o envio por SMS ou WhatsApp ao paciente, mais de 60 mil medicamentos cadastrados, alertas de interações medicamentosas, aceito por mais de 30 mil farmácias, entre outras.

Cadastre-se agora, gratuitamente, e se beneficie dessas vantagens: Prescrição Digital Grátis.

A Memed também ajuda na hora dos laboratórios aceitarem o agendamento dos exames prescritos em suas receitas, veja como neste vídeo: