Pressão arterial é a pressão que o sangue faz dentro do corpo ao ser bombeado pelo coração. Nossa pressão arterial varia bastante durante o dia, pois vários fatores podem afetá-la. Veja como saber se sua pressão está alta ou baixa com dicas deste artigo. 

A pressão arterial é composta por dois números: o sistólico que é o máximo e indica a força de bombeamento do coração; e o mínimo, ou diastólico que é referente à pressão dos vasos sanguíneos periféricos (braços, abdome e pernas). 

A pressão é considerada normal quando o valor máximo atinge até 120 mmHg e o mínimo está em torno de 80 mmHg. Popularmente conhecida como 12/8. Mas, é importante ressaltar que dependendo do nosso estado no dia ela pode variar bastante. Por exemplo, quando estamos fazendo atividade física é esperado que ela suba. Por outro lado, quando estamos deitados ou dormindo, ela tem a tendência de ficar mais baixa. 

Quando temos pressão alta, é preciso ter bastante atenção, já que é uma doença grave e pode trazer complicações. Segundo a Sociedade Brasileira de Hipertensão (SBH), a doença atinge 30% da população adulta brasileira. Mas, afinal, como saber se sua pressão está alta ou baixa? Antes de verificar isso é preciso saber o que é pressão alta e baixa. Veja a seguir. 

Leia também: Exames do coração: quais são os mais pedidos e para que servem?

O que é pressão alta e baixa?

Pressão alta

A pressão alta é o termo mais popular, usado para se referir à hipertensão. Ela acontece quando há o aumento da pressão dentro dos vasos sanguíneos, principalmente os menores que são responsáveis por irrigar todos os tecidos. Dessa forma, quando eles estão com seu funcionamento comprometido, é possível sentir alguns sintomas. 

Vale ressaltar que para ser considerada alta a pressão deve ser aferida em momentos diferentes. Isso porque ter a pressão mais alta em um determinado momento do dia é normal. Por exemplo, o simples ato de subir escadas pode elevar sua pressão, mas não quer dizer que você possui hipertensão, certo? 

A pressão alta, ou hipertensão, é uma doença silenciosa, pois ela vai aumentando ao longo dos anos. Cerca de 70% das pessoas que possuem pressão alta não apresentam sintomas. Além dos hábitos de vida que podem ocasionar a doença, existe também a interferência genética. Se você nasceu em uma família de hipertensos, você pode ter uma tendência maior de desenvolver a doença. Isso vai depender do estilo de vida que você leva. 

A pressão é considerada alta quando ela chega a números superiores a 140 x 90 mmHg.

Leia também: Qual a importância da abordagem centrada na pessoa?

Pressão baixa

A pressão baixa não é considerada uma doença, ela acontece quando a parede do vaso sanguíneo é mais elástica, dessa forma, ela produz menor resistência durante o bombeamento do sangue pelo coração, o que pode resultar em uma pressão mais baixa. Embora não seja uma doença, é sempre bom estar atento, pois ela pode provocar tontura, náuseas, mal estar e desmaio.  

Assim como a pressão alta, para ser diagnosticado com pressão baixa, ela deve ser aferida em momentos diferentes e, além disso, é preciso que a pessoa apresente alguns sintomas. O número de referência da pressão baixa é 90 x 60 mmHg ou valores inferiores. 

Na imagem abaixo é possível visualizar também as principais diferenças entre a pressão baixa e a pressão alta:

Fonte: G1

Agora que você entendeu a parte mais teórica, deve estar se perguntando como saber se sua pressão está alta ou baixa na baixa. Existem duas maneiras de descobrir, veja quais são abaixo. 

Como saber se sua pressão está alta ou baixa?

A forma mais correta de saber se sua pressão está alta ou baixa é fazendo a aferição com um aparelho. Hoje já existem aparelhos de medir pressão manuais e automáticos; e também alguns que são colocados no punho ou no braço. É preciso se certificar que ele é aprovado pelo Inmetro. 

 

Para se ter um diagnóstico mais correto e preciso, os aparelhos com braçadeiras são os mais indicados. Além disso, o ambiente precisa ser calmo e tranquilo e a pessoa precisa estar sentada e com o manguito na altura do coração. Outro detalhe é que não pode falar enquanto a pressão é aferida. 

Outra forma de saber se sua pressão está alta ou baixa é por meio dos sintomas. Afinal de contas, se você ver apenas os números sozinhos eles podem não dizer muita coisa, certo? E é comum surgirem dúvidas, como será que dor na nuca é pressão baixa? Alguns sintomas são muito característicos e quando eles se apresentam é que devemos ficar em alerta.  

Então, como saber que a pressão está baixa? Quando estamos com a pressão baixa, os sintomas são: 

  • Sensação de desmaio ou sonolência;
  • Fraqueza;
  • Visão turva; 
  • Boca seca.

Agora que já sabe os sintomas da pressão baixa, como saber que a pressão está alta? Já quando a pressão está alta os sintomas mais frequentes são: 

  • Palpitações;
  • Zumbido nos ouvidos;
  • Visão embaçada ou dupla; 
  • Dor na nuca;
  • Dor de cabeça persistente; 
  • Pontos mais vermelhos nos olhos; 
  • Dificuldade de respiração. 

Em qualquer um dos casos, quando os sintomas estão presentes é importante procurar um médico para dar um diagnóstico mais preciso e, se for o caso, receitar algum tratamento. A pressão alta, por exemplo, é o principal fator de risco de doenças como insuficiência cardíaca, infarto e AVC. 

Por isso, ela não pode ser subestimada e principalmente pessoas com casos na família, precisam estar sempre atentas. Dessa forma, é aconselhável verificar a pressão arterial pelo menos uma vez ao ano em um consultório médico nas condições ideias. 

Agora que você já viu como saber se sua pressão está alta ou baixa, continue acompanhando nosso blog para outras dicas. Você também pode gostar de ler: Quais os principais erros médicos de prescrição e o que fazer para evitá-los?