A acne da mulher adulta é classificada de acordo com o período de início do quadro

1. Acne persistente: inicia-se na adolescência e persiste até a idade adulta. É o subtipo mais comum, correspondendo a 80% dos casos.

2. Acne de início tardio ou acne tardia: inicia-se após a adolescência, entre 21 e 25 anos de idade.

3. Acne recorrente: inicia-se na adolescência, seguida por um período de melhora do quadro e posterior agravo após os 25 anos de idade.

Hormônios denominados androgênios são um dos responsáveis pelo surgimento da acne.

A espironolactona é um medicamento que tem como uma de suas ações inibir a ação deste hormônio.  

Ela é muito utilizada para o tratamento da acne em mulheres, entretanto, os dados de eficácia de seu uso para tal finalidade são limitados.

Em uma das maiores séries de casos observacionais realizados, 66% de 395 mulheres adultas tratadas com espironolactona notaram pelo menos 90% de melhora na gravidade da acne.

O tempo médio para resposta inicial e máxima foram 3 e 5 meses, respectivamente.

Os efeitos colaterais mais comuns foram tontura, sangramento menstrual irregular e fadiga.

Embora esses resultados apoiem ​​o uso da terapia com espironolactona, estudos adicionais são necessários para esclarecer sua eficácia em comparação com outros tratamentos para acne.

Referência bibliográfica:

Roberts EE, Nowsheen S, Davis MDP, McEvoy MT, Newman CC, Sartori Valinotti JC, Sciallis GF, Torgerson RR, Wetter DA. Treatment of acne with spironolactone: a retrospective review of 395 adult patients at Mayo Clinic, 2007-2017. J Eur Acad Dermatol Venereol. 2020 Sep; 34(9):2106-2110. doi: 10.1111/jdv.16302. Epub 2020 Mar 10. PMID: 32078195.

Sempre converse com o seu médico. Só ele pode indicar os medicamentos corretos para o seu caso.

Talvez você goste de algum desses artigos:


Seu médico ainda faz suas receitas em papel? Você gostaria que ele começasse a fazer suas receitas no formato digital? Então clique no botão abaixo, faça o download do nosso guia “Aprenda como fazer suas Receitas Digitais na Memed” e envie para o seu médico:

Acesse o guia médico agora!

 


Gostou do conteúdo? Não se esqueça de conversar com a gente logo abaixo e compartilhar o artigo!