Confira a lista abaixo sobre os medicamentos aprovados pelo FDA em 2020

1. Artesunato: para o tratamento inicial de malária grave em pacientes adultos e pediátricos.

2. Influenza A [H5N1] vacina viral monovalente: imunização ativa para a prevenção da doença em pacientes com 6 meses de idade ou mais, com risco aumentado de exposição ao subtipo do vírus Influenza A H5N1 contido na vacina.

3. Avapritinibe: tratamento de adultos com tumor estromal gastrointestinal (GIST) metastático ou irressecável contendo uma mutação do exon 18 do receptor alfa (PDGFRA) do fator de crescimento derivado das plaquetas, incluindo mutações PDGFRA D842V.

4. Amissulprida: prevenção de náuseas e vômitos pós-operatórios, isoladamente ou em combinação com um antiemético de classe diferente. Tratamento pós-operatório em pacientes que receberam profilaxia antiemética com um agente de classe diferente ou que não receberam profilaxia.

5. Belantamabe Mafodotin-Blmf: tratamento de adultos com mieloma múltiplo recidivante ou refratário que receberam pelo menos 4 terapias anteriores, incluindo um anticorpo monoclonal anti-CD38, um inibidor de proteassoma e um agente imunomodulador.

6. Rimegepant: tratamento agudo da migrânea com ou sem aura. Primeiro e único antagonista do receptor de peptídeo relacionado ao gene da calcitonina na forma de comprimido de desintegração oral de ação rápida.

7. Ácido Bempedóico: um adjunto à dieta e terapia com estatina máxima tolerada, em pacientes com hipercolesterolemia familiar heterozigótica ou doença cardiovascular aterosclerótica estabelecida que requerem redução adicional de LDL. 

8. Tafasitamabe-cxix: em combinação com lenalidomida para o tratamento de adultos com linfoma difuso de grandes células B (DLBCL) recidivante ou refratário não especificado, incluindo DLBCL decorrente de linfoma de baixo grau e que não são elegíveis para transplante autólogo de células-tronco.

9. Vacinas meningocócicas conjugadas (grupos A, C, Y, W): para a prevenção da doença meningocócica invasiva causada pela Neisseria meningitidis em pacientes com 2 anos de idade ou mais. Não previne a  doença do sorogrupo B por N. meningitidis

10. Margetuximabe-CMKB: em combinação com quimioterapia, para o tratamento de pacientes adultos com câncer de mama HER2-positivo metastático que receberam 2 ou mais regimes anti-HER2 anteriores, pelo menos 1 dos quais para doença metastática.

11. Nifurtimox: para o tratamento da doença de Chagas causada pelo Trypanosoma cruzi em pacientes pediátricos menores de 18 anos de idade pesando pelo menos 2,5kg.

12. Selumetinibe: tratamento da neurofibromatose tipo 1 em pacientes pediátricos com neurofibromas plexiformes sintomáticos e inoperáveis.

13. Tirbanibulin: para o tratamento tópico da ceratose actínica no rosto e no couro cabeludo.

14. Osilodrostate: tratamento de pacientes com doença de Cushing para quem a cirurgia hipofisária não é uma opção ou não tem sido curativa.

15. Decitabina e Cedazuridina: síndromes mielodisplásicas (SMD) incluindo SMD previamente tratadas e não tratadas, de novo e secundária com os subtipos franco-americano-britânico e grupos intermediários-1, intermediários-2 e de alto risco do Sistema Internacional de Pontuação Prognóstica.

16. Atoltivimabe, Maftivimabe e Odesivimabe: para o tratamento de infecção causada pela Zaire ebolavirus em adultos e crianças, incluindo recém nascidos de mães que testaram positivo para a infecção.

17. Setmelanotide: para controle de peso crônico em pacientes com 6 anos de idade ou mais com obesidade devido à pró-opiomelanocortina (POMC), pró-proteína convertase subtilisina / kexina tipo 1 (PCSK 1) ou deficiência do receptor de leptina (LEPR) confirmada por teste genético demonstrando variantes em POMC, PCSK1 ou gene LEPR que é interpretado como patogênico, provavelmente patogênico ou de significado incerto.

18. Vibegron: para o tratamento da bexiga hiperativa (BH) com sintomas de incontinência urinária de urgência e frequência urinária em adultos.

19. Pralsetinibe: tratamento de pacientes com câncer de pulmão de células não pequenas, metastático, reorganizado durante a transfecção (RET), conforme detectado por um teste aprovado pela FDA.

20. Gálio 68 PSMA-11: diagnóstico radioativo para imagens de tomografia por emissão de pósitrons de lesões positivas para o antígeno de membrana específico da próstata em homens com câncer de próstata.

21. Risdiplam: atrofia muscular espinhal em pacientes com 2 anos de idade ou mais.

22. Satralizumabe: distúrbio do espectro da neuromielite óptica em adultos com anticorpos anti-aquaporina-4 positivos.

23. Ansuvimabe: para o tratamento de infecção por Zaire ebolavirus (Ebolavirus) em adultos e crianças.

24. Trieptanoina: como fonte de calorias e ácidos graxos para o tratamento de pacientes com distúrbios de oxidação de ácidos graxos de cadeia longa confirmados molecularmente.

25. Injeção Copper Cu 64 dotatate: usado em tomografia por emissão de pósitrons para localização de tumores neuroendócrinos positivos para receptores de somatostatina em adultos.

26. Naxitamabe: em combinação com fator estimulador de colônias de granulócitos-macrófagos (GM-CSF), para o tratamento de pacientes com 1 ano de idade ou mais com neuroblastoma de alto risco recidivado ou refratário no osso ou medula óssea que tenham demonstrado uma resposta parcial, resposta menor , ou doença estável à terapia anterior.

27. Fluoroestradiol F-18: agente de diagnóstico radioativo indicado para uso com imagem de tomografia de emisson de pósitron para a detecção de lesões positivas para receptor de estrogênio (ER) como um adjuvante para biópsia em pacientes com câncer de mama recorrente ou metastático.

28. Remimazolam: para a indução e manutenção da sedação para procedimento em adultos submetidos a procedimentos com duração de 30 minutos ou menos.

29. Oliceridina: para o tratamento de adultos com dor aguda grave o suficiente para exigir um analgésico opioide intravenoso e para os quais os tratamentos alternativos são inadequados

30. Opicapone: adjuvante à levodopa/carbidopa em pacientes com doença de Parkinson apresentando episódios “off”.

31. Berotralstat: para profilaxia para prevenir ataques de angioedema hereditário em pacientes com 12 anos ou mais.

32. Lumarisan: tratamento da hiperoxalúria primária tipo 1 para reduzir os níveis de oxalato na urina em pacientes pediátricos e adultos.

33. Pemigatinibe: tratamento de adultos com colangiocarcinoma localmente avançado ou metastático não ressecável previamente tratado com uma fusão do receptor do fator de crescimento de fibroblastos 2 (FGFR2) ou outro rearranjo detectado por um teste aprovado pelo FDA.

34. Lactitol: para o tratamento de constipação idiopática crônica em pacientes adultos.

35. Ripetinibe: tratamento de adultos com tumor estromal gastrointestional (GIST) avançado que receberam tratamento anterior com 3 ou mais inibidores da quinase, incluindo imatinibe.

36. Selpercatinibe: tratamento de pacientes 12 anos com câncer medular de tireoide mutante RET avançado ou metastático que requerem terapia sistêmica. Tratamento de pacientes 12 anos com câncer de tireoide de fusão RET avançado ou metastático que requerem terapia sistêmica e que são refratários ao iodo radioativo (se o iodo radioativo for apropriado).

37. Fostemsavir: em combinação com outro (s) antirretroviral (s), para o tratamento da infecção por HIV-1 em adultos submetidos a tratamento pesado com infecção por HIV-1 multirresistente que falhou em seu regime antirretroviral atual.

38. Isatuximabe: em combinação com pomalidomida e dexametasona, para o tratamento de mieloma múltiplo em adultos que receberam 2 terapias anteriores, incluindo lenalidomida e um inibidor de proteassoma.

39. Fator de coagulação VIIa (recombinante)-jncw: para o tratamento e controle de episódios hemorrágicos que ocorrem em pacientes com idade 12 anos com hemofilia A ou B com inibidores. 

40. Somatropina-beco: para a reposição do hormônio do crescimento endógeno em adultos com deficiência de hormônio do crescimento.

41. Capmatinibe: tratamento de adultos com câncer de pulmão de células não pequenas metastático cujos tumores têm uma mutação que leva ao salto do exon 14 da transição mesenquimal-epitelial (MET), conforme detectado por um teste aprovado pela FDA.

42. Florbetapir F18: um agente de diagnóstico radioativo para imagens de tomografia por emissão de pósitrons do cérebro para estimar a densidade e distribuição de emaranhados neurofibrilares de proteínas tau agregados em pacientes adultos com deficiência cognitiva que estão sendo avaliados para doença de Alzheimer.

43. Tazemetostat: sarcoma epitelioide metastático ou localmente avançado em pacientes não elegíveis para ressecção completa.

44. Brexucabtagene autoleucel: tratamento de adultos com linfoma de células do manto recidivante ou refratário (MCL).

45. Teprotumumabe-trbw: tratamento da oftalmopatia de graves (OG),doença causada por descontroles na glândula tireoide.

46. Sacituzumabe govitecan-hziy: tratamento de adultos com câncer de mama triplo-negativo metastático que receberam pelo menos 2 terapias anteriores para doença metastática

47. Tucatinibe: em combinação com trastuzumabe e capecitabina, para o tratamento de pacientes com câncer de mama HER2-positivo metastático ou irressecável avançado, incluindo pacientes com metástases cerebrais, que receberam 1 ou mais regimes anteriores baseados em anti-HER2 no cenário metastático.

48. Inebilizumabe-cdon: distúrbio do espectro da neuromielite óptica em adultos com anticorpos anti-aquaporina-4 positivos.

49. Remdesivir: tratamento da doença coronavírus 2019 (COVID-19) em pacientes que requerem hospitalização. Remdesivir é o primeiro e único tratamento de COVID-19 aprovado nos Estados Unidos e só deve ser administrado em hospitais ou centros de saúde. (Aprovado em 22/10/20, Gilead Sciences Inc.)

50. Viltolarsen: tratamento da distrofia muscular de Duchenne (DMD) em pacientes que têm uma mutação confirmada do gene DMD que é passível de salto do exon 53.

51. Eptinezumabe-jjmr: tratamento preventivo da enxaqueca em adultos. É o primeiro bloqueador de peptídeo relacionado ao gene da calcitonina intravenosa. (Aprovado em 21/02/20, Lundbeck)

52. Clascoterone: para o tratamento tópico de acne vulgar em pacientes com 12 anos ou mais.

53. Abametapir: para o tratamento de infestação por piolhos em pacientes com 6 meses ou mais.

54. Ozanimode: formas recorrentes de esclerose múltipla, incluindo síndrome clinicamente isolada, doença recorrente-remitente e doença progressiva secundária ativa.

55. Lurbinectedin: câncer de pulmão metastático de pequenas células em adultos com progressão da doença durante ou após a quimioterapia à base de platina.

56. Lonafarnibe: em pacientes com 12 meses de idade ou mais com uma área de superfície corporal de 0,39m² e acima para reduzir o risco de mortalidade na síndrome de progeria de Hutchinson-Gilford e para o tratamento de laminofatias progeróides deficientes no processamento com mutação LMNA heterozigótica com proteína semelhante à progerina acumulação; mutações ZMPSTE24 homozigotas ou heterozigotas compostas.

57. Semglee (insulina glargina) injetável, é um análogo de insulina humana de longa ação indicada para melhorar o controle glicêmico em adultos e pacientes pediátricos com diabetes mellitus tipo 1 e em adultos com diabetes mellitus tipo 2. (Aprovado em 11/06/20, Mylan NV e Biocon Ltd.)

58. Lyumjev (insulina lispro-aabc) injetável, é um análogo de insulina humana de ação rápida indicada para melhorar o controle glicêmico em adultos com diabetes mellitus. (Aprovado em 15/06/20, Eli Lilly and Company)

59. GvokeHypoPen (injeção de glucagon),  é o primeiro glucagon pronto para uso em um autoinjetor pré-misturado sem agulha visível para o tratamento de hipoglicemia grave em pacientes com diabetes ≥2 anos. GvokeHypoPen agora está disponível por receita nos Estados Unidos. Está disponível em 2 doses com 0,5 mg / 0,1 mL para crianças com peso <100 libras. e 1 mg / 0,2 mL para crianças e adultos com peso ≥100 lbs. (Aprovado nos EUA 01/07/2020, Xeris Pharmaceuticals)

60. Elyxyb (celecoxibe): anti-inflamatório não esteroidal indicado para o tratamento agudo da enxaqueca com ou sem aura em adultos. Não é indicado para o tratamento preventivo da enxaqueca. (Aprovado em 5/5/20, Dr. Reddy’s Laboratories Limited)

61. Qdolo (cloridrato de tramadol),  é um agonista opioide indicado para o tratamento da dor forte o suficiente para requerer um analgésico opioide e para o qual os tratamentos alternativos são inadequados em adultos. (Aprovado em 01/09/20, Athena Bioscience, LLC)

62. Breztri Aerosphere (budesonida 160 mcg/glicopirrolato 9 mcg/fumarato de formoterol 4,8 mcg): indicado para o tratamento de manutenção de pacientes com DPOC doença pulmonar obstrutiva crônica). (Aprovado em 23/07/20, AstraZeneca)

63. Trijardy XR (empagliflozina, linagliptina e cloridrato de metformina): complemento à dieta e exercícios para melhorar o controle glicêmico em adultos com diabetes mellitus tipo 2. A empagliflozina é indicada para reduzir o risco de morte cardiovascular em adultos com diabetes mellitus tipo 2 e doença cardiovascular estabelecida.  (Aprovado em 27/01/20, Boehringer Ingelheim e Eli Lilly and Company)

Referências:

  • MPR- The Right Dose of Information:

https://www.empr.com/slideshow/slides/new-drugs-approved-in-2020/?utm_source=newsletter&utm_medium=email&utm_campaign=mpr-firstlook-hay-20210128&cpn=derm_all,derm_md&hmSubId=xLMLyd9l2Z01&hmEmail=AxJXZVEV6lO1Ek2eQbP7-44RxdQDcb4WCmny5Bc79u41&NID=-1&c_id=&email_hash=e13be0177a5ee214c25b24a764cfd1f5&dl=0&mpweb=1323-117930-5649763

  • Patient Care- 3 de Dezembro de 2020:

https://www.patientcareonline.com/view/14-drugs-approved-for-primary-care-in-2020?page=15

 

Talvez você goste de algum desses artigos:


Para ter acesso a informações médicas de forma prática, cadastre-se em nossa plataforma e confira nossas Inteligências Memed!

 

Cadastre-se em nossa plataforma!

 

Gostou do conteúdo? Não se esqueça de conversar com a gente logo abaixo e compartilhar o artigo!