26.3.2020

Guia rápido para farmácias: Dispensação eletrônica de medicamentos (receitas digitais) [Lista A2]

TIPOS DE RECEITUÁRIO & STATUS DE DISPENSAÇÃO:

1) Receituário de controle especial

Adendos da lista A2 (entorpecentes):

Acetildihidrocodeina, Codeína, Dihidrocodeína, Etilmorfina, Folcodina, Nicodicodina, Norcodeína, Tramadol, Dextropropoxifeno, Nalbufina e Propiram

=> STATUS ATUAL: ACEITA PRESCRIÇÃO DIGITAL

ADENDOS DA LISTA A2:

1) Ficam também sob controle:

1.1.  os sais,  éteres, ésteres  e isômeros  das substâncias  enumeradas acima, sempre que seja possível a sua existência;

1.2.  os  sais  de  éteres, ésteres  e  isômeros  das  substâncias enumeradas acima, sempre que seja possível a sua existência.

2) Preparações  à base  de ACETILDIIDROCODEÍNACODEÍNA, DIIDROCODEÍNA, ETILMORFINA, FOLCODINA, NICODICODINA, NORCODEÍNA, inclusive as misturadas a um ou mais componentes, em que a quantidade de entorpecentes não exceda 100 miligramas por unidade posológica, e em que a concentração não ultrapasse a 2,5% nas preparações de formas indivisíveis ficam sujeitas prescrição da Receita de Controle Especial, em 2 (duas) vias e os dizeres de rotulagem e bula devem apresentar a seguinte  frase: "VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA  -SÓ PODE SER VENDIDO COM RETENÇÃO DA RECEITA".

3) Preparações à  base de TRAMADOL, inclusive as misturadas a um ou mais componentes, em que a quantidade não exceda 100 miligramas de TRAMADOL por unidade posológica ficam sujeitas a prescrição da Receita de Controle   Especial, em 2 (duas) vias e os  dizeres de rotulagem e bula devem apresentar a  seguinte frase: "VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA - SÓ PODE SER VENDIDO COM RETENÇÃO DA RECEITA ".

4) Preparações à base de DEXTROPROPOXIFENO, inclusive as misturadas a um ou mais componentes, em que a quantidade de entorpecente não exceda 100 miligramas por unidade posológica e em que a concentração não  ultrapasse 2,5% nas preparações indivisíveis, ficam sujeitas a prescrição da Receita de Controle Especial, em 2 (duas) vias e os dizeres de rotulagem e bula devem apresentar a seguinte frase: "VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA - SÓ PODE SER VENDIDO COM RETENÇÃO DA RECEITA".

5) Preparações à  base de NALBUFINA,  inclusive as  misturadas a um ou mais componentes, em que a quantidade não exceda 10 miligramas de CLORIDRATO DE NALBUFINA por unidade posológica ficam sujeitas a prescrição da  Receita de  Controle Especial, em 2 (duas) vias e os dizeres de rotulagem e bula devem apresentar a seguinte frase: "VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA - SÓ PODE SER VENDIDO COM RETENÇÃO DA RECEITA".

6) Preparações à base de PROPIRAM, inclusive as misturadas a um ou mais componentes, contendo não mais que 100 miligramas de PROPIRAM por unidade posológica e associados, no mínimo, a igual quantidade de metilcelulose,  ficam sujeitas a prescrição da Receita de Controle Especial, em 2 (duas) vias e os dizeres de rotulagem e bula deverão apresentar a seguinte frase: "VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA - SÓ PODE SER VENDIDO COM RETENÇÃO DA RECEITA ".


2) Notificação de receita amarela

Lista A2 (entorpecentes):

=> STATUS ATUAL (MARÇO/20): NÃO ACEITA PRESCRIÇÃO DIGITAL

LISTA – A2

LISTA DAS SUBSTÂNCIAS ENTORPECENTES  DE USO PERMITIDO SOMENTE EM CONCENTRAÇÕES ESPECIAIS

(Sujeitas a Notificação de Receita “A”)

ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: RESOLUÇÃO-RDC Nº 63, DE 17 DE OUTUBRO DE 2014

1. ACETILDIIDROCODEINA

2. CODEÍNA

3. DEXTROPROPOXIFENO

4. DIIDROCODEÍNA

5. ETILMORFINA

6. FOLCODINA

7. NALBUFINA

8. NALORFINA

9. NICOCODINA

10. NICODICODINA

11. NORCODEÍNA

12. PROPIRAM

13. TRAMADOL


Para mais informações sobre as substâncias e suas concentrações permitidas acesse nossa planilha:


Para acessar a página inicial deste guia clique no botão abaixo:


Conheça as principais redes de drogarias que apoiam a receita digital hoje no Brasil.

Já são mais de 10.000 drogarias aptas a dispensar medicamentos eletronicamente e em breve essa informação também estará disponível para os pacientes na própria receita digital.

Compartilhe:
Saiba mais
Posts Relacionados